Hoje domingo, 14th agosto 2022
Click Conexão

Informação em primeiro lugar

Como uma boa gestão financeira pode ser aliada do seu negócio

Como uma boa gestão financeira pode ser aliada do seu negócio

Ter uma boa gestão financeira é importante não só para o crescimento da empresa no mercado, mas também para que possa se manter saudável. 

Se a empresa não tiver uma boa saúde financeira, infelizmente não conseguirá se manter no mercado. Por isso, é importante estabelecer um planejamento empresarial e investir na gestão financeira do negócio.

Importância da gestão financeira 

Com uma boa gestão financeira, alguns dos principais erros acabam sendo evitados, contribuindo, assim, para o sucesso dele.

Mas antes de nos aprofundarmos nesse tópico, você sabe quais são esses erros mais cometidos nas finanças empresariais? Confira abaixo!

Falta de planejamento detalhado e estruturado

Antes de mais nada, faça um planejamento detalhado com projeções de despesas e receitas. Esse planejamento financeiro lhe ajudará nos futuros gastos e investimentos, dando a segurança de arcar com as devidas despesas.

Não Registrar tudo

Esse é um erro comum, por isso, não deixe de registrar todas as movimentações financeiras da sua empresa. Para isso, você pode contar com a ajuda de ferramentas como planilhas, aplicativos e até mesmo softwares de gestão.

Lembre-se que caso não haja o registro, não é possível verificar seu histórico financeiro e, assim, dificultar seu controle de gastos.

Misturar finanças pessoais e empresariais

Crie uma conta jurídica e a utilize somente com a empresa. Evite realizar o pagamento de suas despesas pessoais com o dinheiro do negócio. Defina um valor para sua retirada mensal, o chamado pró-labore, esse valor será a sua remuneração. 

Pontos para se atentar em sua empresa

Para entender se a sua empresa está aplicando uma boa gestão financeira, é importante verificar pontos importantes.

Planejamento financeiro

Uma das bases da boa gestão é o controle de fluxo de caixa. O controle do fluxo de caixa significa saber de onde vem e para onde vai o dinheiro. Para isso é necessário guardar todos os comprovantes e anotar todas as entradas e saídas no movimento de caixa. Mas o que é isso, afinal?

O chamado movimento de caixa é o registro de todas as entradas e saídas de dinheiro da empresa, seja do caixa, seja do saldo bancário.

Para isso, você necessita controlar os pagamentos e recebimentos, guardar os comprovantes e lançar as informações numa planilha de movimentação de caixa.

Os comprovantes de entrada e saída devem ser guardados por pelo menos cinco anos.

Nenhum gasto poderá ser realizado sem passar pelo planejamento financeiro e ter a certeza que haverá capital suficiente para cobri-lo e sem entender se aquele gasto é necessário, se é uma prioridade para o momento.

Indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho são métricas utilizadas para quantificar o desempenho de uma empresa, levando em consideração os seus objetivos.

Primeiramente, é essencial entender e analisar o planejamento estratégico da empresa, deixando claros todos objetivos no momento de traçar as metas que devem ser alcançadas. Só assim esses indicadores farão sentido e poderão contribuir de alguma forma.

A gestão desses indicadores de desempenho será utilizada para monitorar a evolução e crescimento dos resultados e assim servir também como referência para criação de melhorias e para o processo de tomada de decisão.

Existem 4 Tipos de indicadores:

  • Indicadores de qualidade;
  • Indicadores de produtividade;
  • Indicadores de capacidade;
  • Indicadores estratégicos.

Veja o exemplo de dois indicadores muito utilizados.

Indicador de lucratividade

Ajuda o empreendedor no acompanhamento do faturamento do negócio. Esse indicador tem por objetivo auxiliar na descoberta das ações que desempenham ser tomadas para melhorar os resultados e encontrar o caminho a ser seguido.

Caso o faturamento seja positivo, mas o dinheiro não se encontra disponível, é porque os custos estão altos e é necessário resolver essa situação. 

Uma forma de entender se a lucratividade está em boa situação é comparando com a lucratividade média que vem sendo apresentada pelo setor no mercado.

Valor do ticket médio

Este indicador de desempenho permite analisar e compreender o funcionamento das vendas. 

Seu acompanhamento pode se dar por três formas: por vendedor, por cliente e por venda.

Por meio dele, a empresa identifica seu desempenho no setor, assim como possibilita aumentar os resultados ou aqueles pontos que precisam de melhoria.

Tecnologia como aliada 

Muitos aplicativos e softwares geram relatórios e previsões dos gastos mensais , conforme as compras e gastos anteriores. Assim, torna -se mais fácil evitar o desperdício dos recursos financeiros, evitando compras e gastos desnecessários.

É primordial que o empreendedor saiba para onde seu dinheiro está indo. E a tecnologia é capaz de ajudar a controlar e demonstrar isso.

Esses são alguns dos benefícios da tecnologia como aliada da gestão financeira:

  • As informações são centralizadas em único local;
  • Maior controle do dinheiro que entra e sai do caixa;
  • Acompanhamento de perto dessas movimentações financeiras;
  • Redução de despesas desnecessárias;
  • Possibilidade de ter acesso remoto às informações financeiras;
  • Ajuda o gestor no momento de tomar decisões.

Qualificação constante 

Outra forma de acompanhar as atualizações do mercado é realizar muitos cursos de atualização. Geralmente, são oferecidos de forma online.

Esses cursos possibilitam se relacionar com outros profissionais e assim trocar experiências e informações. 

Os cursos costumam orientar os participantes em temas específicos e assim contribuem para mudanças e atualizações também de todos os processos do negócio.

Saiba o melhor momento de investir no seu negócio

Há muitos empreendedores que possuem muita insegurança para investir. Não sabem o momento certo e nem o melhor momento de investir.

A primeira coisa a ser feita é estabelecer o objetivo desse investimento e conhecer todos os riscos da operação. No caso de empresas menores, antes de investir, é importante conhecer a saúde financeira do seu negócio.

A partir daí você pode buscar formas de arrecadar o capital necessário para tornar o crescimento da empresa possível. Atualmente existem diversas opções de crédito para diferentes perfis.

Como exemplo encontram-se modalidades como crédito para autônomo, ideal para negócios ainda não muito grandes. Além disso, existem também opções de crédito sem burocracia ou até com garantia de veículo ou imóvel.

O ideal é você avaliar sua necessidade e qual opção pode se adequar melhor à ela. A partir daí é hora de pesquisar as melhores opções para o seu bolso e seu negócio.

Considerações finais

Gerar lucro é fator determinante para se manter no mercado. Isso não se realiza de uma hora para outra. O empreendedor deve realizar um planejamento estratégico e investir em ações estratégicas que o direcione para essa aceleração do processo de resultados.

E assim que você tornar o seu negócio lucrativo, você não pode parar. Continue investindo no seu negócio e ofereça cada vez mais uma qualidade maior e um diferencial em seus produtos/serviços.

O planejamento empresarial possui essas ações cíclicas que farão você gerar cada vez mais lucros e estar de pé mesmo quando houver épocas difíceis.

Manuela Carvalho

POSTS RELACIONADOS