Hoje sábado, 15th maio 2021
Click Conexão

Informação em primeiro lugar

Ordenhadeira móvel: o que é, para que serve e como funciona

Ordenhadeira móvel: o que é, para que serve e como funciona

Nosso país conta com uma quantidade significativa de animais no território, são pelo menos 220 milhões de animais, uma quantidade que supera inclusive a quantidade de habitantes. 

Um dos motivos que contribuíram para o Brasil alcançar este patamar, foi a adoção de boas práticas de manejo nos mais variados tipos de ordenha, o investimento em tecnologia e inovação para atender o mercado consumidor, as exigências das diretrizes para a produção de leite e uma condução efetiva na produção para evitar contaminação.

A ordenha de leite é uma das principais e mais importante atividade durante a produção, deste modo, ter equipamentos adequados para cada propriedade é fundamental. 

Vamos entender um pouco mais sobre os tipos de ordenha, o que é ordenha móvel, como ela funciona e para que serve.

O que é Ordenhadeira móvel?

Teteira como usar
Segundo dados de 2018 revisados pela Embrapa (Empresa brasileira de pesquisa agropecuária), o Brasil ocupa a 4º posição na produção de leite mundial, e é uma potência tecnológica na criação de animais adaptados ao clima tropical.

A ordenha é o ato de retirar o leite das vacas, ele pode acontecer de duas formas básicas: manual e mecânica.

Na ordenha manual, como o próprio nome sugere, o leite é retirado pelas mãos do tratador e depositado em um balde, geralmente esse método é usado por pequenos produtores, requer poucos recursos para ser implementado e é necessária a contratação de profissionais para a realização da mesma.

A ordenha mecânica é feita com auxílio de equipamentos que simulam a mamada do bezerro, este é um sistema considerado eficiente por ser menos dependente de mão de obra e por garantir melhor controle no processo de produção.

Existem 2 técnica principais para a realização da ordenha mecânica, veja:

  1. Balde ao pé

É o sistema mais simples e com menor custo. Nele, as vacas são ordenadas individualmente por meio de um sistema de vácuo. Devido à baixa eficiência, este sistema é mais comumente usado em pequenas criações.

No mercado é possível encontrar dois tipos diferentes de equipamento para o sistema de ordenha balde ao pé:

  • Ordenhadeira fixa – instalada em um local específico, geralmente a sala de ordenha;
  • Ordenhadeira móvel – também conhecida como carrelo, composto por um carrinho onde são dispostos o sistema de vácuo, o pulsador, o balde e um conjunto de ordenha. A maior vantagem desse equipamento é poder ser usado em locais variados.
  1. Canalizada

No sistema de ordenha canalizada, o leite é depositado diretamente no tanque de refrigeração. ela possui 3 tipos que se diferenciam pela posição das vagas nas salas de ordenha

  • Espinha de peixe: os animais são dispostos em ângulo de 33º;
  • Tandem: os animais são posicionados em fila indiana;
  • Lado a lado: como o nome já sugere, os animais ficam lado a lado.

Qual a função da Ordenhadeira móvel?

A ordenha mecanizada móvel serve para facilitar o processo de retirada de leite das vacas, possibilitando um processo mais rápido, resultando em maior volume de leite por dia.

Desta forma, a ordenha passa a ser caracterizada como um sistema mais intensivo de produção e se bem manuseada, em concordância com boas práticas sanitárias, oferece menor risco de contaminação.

A ordenha balde ao pé móvel é considerada o primeiro passo para quem busca a mecanização do processo de produção de leite, aumentando sua eficiência.

Como funciona a Ordenhadeira móvel

Como vimos, a ordenhadeira móvel ou carrelo, pode ser usada nos mais variados locais e ser transportada com facilidade, pois é vendida em cima de um carrinho e não é necessário instalação no curral. O equipamento é composto, basicamente por: 

  • Sistema de vácuo e pulsadores: gerado a partir de um motor que movimenta uma bomba para garantir a pressão e a pulsação. Esta é a fase responsável pelo processo de massagem e da ordenha propriamente dita;
  • Balde: reservatório onde o leite é depositado;
  • Conjunto de ordenha ou teteira: o vácuo produzido ajuda o conjunto de ordenha a funcionar de forma a imitar o movimento das mãos do tratador ou a mamada do bezerro permitindo a retirada do leite de forma mecânica

Vantagens da ordenhadeira móvel

As vantagens de mecanizar o processo de ordenha por meio do sistema balde ao pé são muitas:

  • Agilidade e redução no tempo da ordenha quando comparado ao sistema manual;
  • Economia na contratação de mão de obra;
  • Maior facilidade no manejo;
  • Ela é adaptável a qualquer curral;
  • É de fácil utilização;
  • Não é necessário gastos com instalação, pois já vem pronta pra uso;
  • Por ser móvel, vem com rodas que facilitam o transporte e a locomoção para onde as vacas estão;
  • Conforto das vacas e dos ordenhadores.

A ordenha móvel, é um processo prático, que traz maior dinâmica e economia de tempo no processo de retirada de leite dos animais, e auxilia na melhoria da quantidade e da qualidade do leite que é produzido.

Se você possui uma pequena criação, quer praticidade e baixo investimento, com certeza, a ordenhadeira móvel é o equipamento certo para você começar a mecanizar seu processo produtivo.

 

Vitor Azevedo

POSTS RELACIONADOS